Timișoara, Romênia

Nunca pensei que um dia tivesse curiosidade de ir à Romênia, ainda mais para uma cidade muito pouco conhecida e quase nada turística, falo de Timișoara ou Temeswar. Desde pequena meu pai (o maior inspirador das minhas viagens) sempre me contava sobre a história da origem do nosso sobrenome (Temes) e foi então que eu decidi que estava na hora de ir atrás do brasão da família.

Eu estava na ocasião em Istambul e iria para Budapeste, então achei que uma paradinha no meio do caminho saciaria essa minha curiosidade. Fui atrás de tudo que estivesse documentado sobre os nossos antepassados: mapas, Ministério da Cultura, livrarias e para minha sorte encontrei muita coisa. Numa loja de artigos de telas e pinturas onde eu havia entrado para comprar mapas antigos da cidade, verifiquei que havia sobre o balcão um exemplar de um livro muito bem conservado, que explicava em detalhes e gravuras toda a árvore genealógica de nossa família, porém quando questionei o atendente, ele me disse que pertencia à dona da loja e que não estava à venda! Sem perder muito tempo, abri meu passaporte mostrando ao rapaz que o meu sobrenome era Temes e expliquei o motivo de eu estar na cidade. Na hora ele não acreditou e ficou me perguntando como era possível eu ter esse sobrenome. Acredito que essa minha cara de mestiça o deva ter intrigado bastante… mas por outro lado consegui com isso convencê-lo a telefonar para a dona da loja e insistir na venda, acabei conseguindo!!!

Encontrei o mapa original do meu reino hehehehe… O condado de Temes!

Nessa busca, acabei descobrindo muitas outras coisas interessantes como o fato de por exemplo Timișoara ter sido a primeira cidade de toda a Europa (12 de Novembro de 1884) a ter suas ruas iluminadas por energia elétrica! Próximo à praça principal da cidade, podemos ver em alguns postes de luz essas placas que trazem esse acontecimento gravado.

Vasculhando nas livrarias, entendi porque a cidade era a primeira em tudo. Ela ficava num ponto estratégico durante o comando do império austro-húngaro. Depois de Viena e Budapeste, ela foi a terceira cidade a receber longas temporadas de peças teatrais e óperas. Tive inclusive o privilégio e acredito que um pouco de sorte também, de nos 2 dias que fiquei ali explorando, a ópera de Giuseppe Verdi – La Traviata estar em cartaz, e claro fui logo me agilizando na bilheteria para à noite garantir o espetáculo!

Pintura no interior da Casa de Ópera de Timisoara

A peça toda foi apresentada na língua original do autor, em italiano, ainda bem pois assim pude entender alguma coisa, já que havia também um telão digital sobre as cortinas do palco que apresentavam a legenda na língua romena.

A praça principal (Piata Unirii) é cercada de casas coloridas com um ar de art noveau e muita arquitetura que nos remete à Viena. Além da Casa de Ópera e da igreja ortodoxa, caminhar às margens do rio Bega rendem algumas boas fotos! Uma visita ao parque das rosas e ao Museu Memorial da Revolução de 1989 (Muzeul Revolutiei) valem a pena também.

 

Como disse anteriormente, a cidade não é nada turística, e como eu dormi apenas 1 noite, optei por ficar em um hotel bem localizado onde eu pudesse fazer tudo à pé. O escolhido foi o Hotel Timișoara, muito bem avaliado pelo TripAdvisor. O staff é muito atencioso, falam inglês fluente, as acomodações são limpas e novas. O hotel possui vários bares e restaurantes mas optei pelo de nome Belvedere, muito bom! Experimentei naquela noite, a cerveja da cidade conhecida como Timisoreana, e um prato típico romeno (ossobuco com purê de lentilha). Estava de lamber os dedos!

Com minha missão cumprida, no dia seguinte parti para a estação de trem e segui viagem até Budapeste.

Os amantes de tênis talvez se lembrem do nome da cidade pois o BRD Timișoara Challenger, evento que faz parte do ATP Challenger Tour é disputado desde 2004 ali.

Curiosidade: O ator do filme Tarzan (versão original) – Johnny Weissmuller nasceu em Timișoara.

Dica: A Secretaria de Turismo Nacional da Romênia possui um site muito esclarecedor com mapas e detalhes do país. Para visitar clique em http://romaniatourism.com/

3 comentários sobre “Timișoara, Romênia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s